quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

P.202 - Comemoração dos 8 anos do Bando.

Em Paramos, Espinho, encontra-se o Quartel do Regimento de Engenharia 3, sem dúvida uma Unidade Militar de grande prestígio. As instalações são magníficas e foi um prazer visitá-las, bem ciceroneados pelo senhor Sargento Ajudante Teixeira. O nosso agradecimento ao Comando pela autorização que nos concedeu.
No entanto a nossa visita prendia-se com uma saudade de quase 50 anos. De entre os vários nomes que o quartel foi tomando ao longo dos anos, um teve que marcou o Bando:
 G.A.C.A. 3, ainda hoje reconhecido por esta sigla que lhe deu fama..
O Bando chegando à Porta d'Armas 
Muitos dos elementos que compõem esta nossa Bandalheira, passaram por esta unidade.
Figueiredo, Tavares Fozense, Fernando Súcio, Manuel Cibrão.
 Súcio e Portojo
Súcio, Tavares, Cibrão, Figueiredo

 Depois de reunidos à Porta d'Armas, fomos convidados a entrar na Unidade.
 Presidente à direita, Zé Ferreira à esquerda seguindo-se Figueiredo, Cancela e João Encarnação
 O Zé Ferreira testando a paliçada na pista de obstáculos
Terraço do edifício do comando.
Atravessamos a parada
 Um Quartel que mais parece um jardim
 Homenagem aos Mortos pela Pátria

Uma homenagem do Batalhão do Figueiredo

Para mais tarde recordar. O Sr. Sargento Ajudante Teixeira ao centro.  
 O Presidente Teixeira posa tendo como fundo o seu antigo "posto de trabalho". A Torre no edifício do Comando.
 Pormenor da pista de obstáculos
 Alguns pormenores do Quartel- Jardim

Edifício do tiro 25 m. 
 Num bloco de granito, gravados os vários nomes que este Quartel teve durante a sua vida. Falta o nome actual (R.E.3) criado em 30.06.1993.
O Bando já depois da visita efectuada
Os Presentes
 Seguiu-se um excelente almoço bem próximo do Quartel

Recordando alguns momentos.



 Bacalhau com Broa
 Os compadres de Penafiel: Peixoto e Cancela

Presidente ladeado pelo Edu Campos, sempre ocupado com o brinquedinho e o grande Tavares Fozense


 Lombinhos deliciosos.
Castro Neves e Manuel Cibrão


 Zé Ferreira, o grande animador do Bando.
 O Dono do Casarão. Uma simpatia e nosso camarada na Guiné do tempo do Cibrão.
 Figueiredo, Súcio e Freire
O Presidente controlando as contas, da responsabilidade do General-Tesoureiro Peixoto. O Silva ajuda.
Depois de conferidas as contas, o Peixoto já pode comer a sobremesa.
 Figueiredo e Súcio
 Fozense Tavares


 Preparados para o Brinde



Os restos que algum bandalho se "agasalhou" a eles.
 Os finalmentes. Em que não foram esquecidos os Bandalhos da primeira hora Fernando Biochene, o António Quintino e o Serrão
Bem como o querido António Canhão, o Poeta, que deixou imensas saudades nas meninas de Espinho e no Bando. Paz à sua alma.
Igualmente não foram esquecidos, os Bandalhos de outras paragens, por graça chamámos-lhes "como uma espécie de Bandalhos correspondentes". Estão longe geograficamente mas já são muitos e contactam-nos com boa regularidade: O Barreto Pires, o Diniz Faro, o Neca Quelhas, o Rambout Barcelos, o José Manuel Alves, o Jorge Gomes (Paio Pires) o Manuel Barbeitos e outros mais.
Lembramo-nos também de outros Bandalhos que vão aparecendo até com assiduidade, mas que a vida nem sempre permite que estejam presentes: Os Manos Carvalhos, o Baptista, o Mendes pum, o Azevedo, o Gil Neves, enfim, já é difícil lembrarmo-nos de todos.

 Conversas fiadas
bla. bla.bla
Preparados para o regresso

Mas antes ainda mais um cafézinho na praia.
 No PE do Metro do Dragão, o Freire, o Campos e o Presidente.
 e o Fozense Tavares ficou perdido no Dragão.
Ficamos à espera da contabilidade a cargo do Presidente do Saco Azul.

E foi assim o nosso dia de aniversário 11.01.2017.
Foto reportagens a cargo de vários Bandalhos.
Despedimo-nos até 8 de Fevereiro. Até lá, um grande abraço bandalho.

12 comentários:

  1. Como sempre ....magnífica ! Um abraço Jorge e que para o ano todos possamos comemorar mais um aniversário do Bando. Faltou na acta ,a tua nomeação para Secretário General Vitalício,aprovada por unanimidade e aclamação. Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado Portojo pela fantástica reportagem.Tenho
    um enorme prazer em fazer parte deste formidável Bando.Este dia ficou marcado,nao só pela visita a este magnifico quartel,que foi o meu primeiro á quase 50 anos,mas também pela promoção do nosso amigo Zé Ferreira,a General de eventos....Um abraço a todos os "bandalhos,e inté!!!!

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Portojo. Fazer parte deste grupo é maravilhoso mas não era a mesma coisa se não tivesse-mos no nosso meio um artista com o teu gabarito a registar e perpetuar os nossos convivios com tanto gosto e categoria. Parabéns e um abraço.

    ResponderEliminar
  4. Caros amigos e camaradas.
    Durante o último ano faltei algumas vezes aos nossos convívios. Noutros em que estive presente foi com algum sacrifício que me fui aguentando.
    Ontem foi um dia importante para mim. Fiz um teste com meios que me deram e creio que todos vocês repararam como me senti feliz e muito mais "combativo".
    Não posso ainda participar em convívios para os quais tenham de ser utilizados transportes públicos.
    Preciso de fazer testes mas para isso continuo a precisar do vosso apoio. E já não vale a pena mencionar o nome do que tem sido o meu maior apoio.
    Quem sabe um dia venha a recuperar a autonomia de outrora.
    Amigos e camaradas, o dia de ontem também foi de alegria pois comemoramos um aniversário desde que efectivamos o nome do nosso Grupo. Embora ele já existisse em formato pequeninininho, mas com o forte impulso do Jorge Teixeira a quem nomeamos Presidente que isto seguiu em frente e aumentou.
    Um grande abraço para vocês, camaradas e amigos. Obrigado pela companhia.
    Desejo-vos um bom e feliz ano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado amigo Portojo por estas tuas palavras de amizade e podes ter a certeza de que tudo faremos para que te sintas bem como até aqui como Secretário General e que não faltes com estas tuas actas, (ou serão atas?), não interessa, o que interessa é a tua recuperação o mais rápido possível, para que possas ter a tua autonomia.
      Um abraço
      cumprim/jteix

      Eliminar
  5. Uma comemoração em grande estilo, so de ver a reportagem do dia ja deixa com grande alegria, voces sao Top e merece nossos aplausos...parabéns por mais um ano de uniao ...que venham muito mais...com licença mando um abraço abandalhado a todos.

    ResponderEliminar
  6. Parabéns ao grupo. A união de amigos com a finalidade de preservar as memórias vividas, fortalece a todos com um objetivo comum, o reencontro de camaradas e com isso aproveitar horas de conversação e boas amizades. Que todos possam usufruir desses encontros sempre. Um abraço ao grupo e em especial ao amigo Jorge Portojo.

    ResponderEliminar
  7. Do Diniz Faro recebi este email:

    Obrigado por esta bela reportagem. Todas as emboscadas, colunas e golpes de mão dos "BANDALHOS", mesmo a distância, deixam-me feliz. Alguns(poucos) estiveram juntos, comigo em todas as fases do serviço militar.
    Um bem haja a todos.

    Bom fim de semana. Abraço.
    J.D.Faro

    ResponderEliminar
  8. Parabéns Jorginho! E obrigado por mais este belo documento!
    Tinhas razão quando referiste o desejo de voltarmos ao GACA 3. Foi emocionante voltarmos a pisar aquele chão, cinquenta anos depois! Foi belo recordarmos ali tantas histórias e tantos momentos inesquecíveis. Também chegámos a sentir ali um pedaço daquela alegria do grande regresso que tanto ansiávamos. E para coroar o bom sabor destes bons momentos, beneficiámos ainda da simpatia que nos foi dispensada no Quartel. Digamos que foi a cereja no topo do bolo que nos unia ao GACA 3.
    Quanto à saúde, vamos acreditar que tudo é passageiro e vamos continuar a conVIVER saudavelmente.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  9. Amigo Portojo: o que hei-de acrescentar a tão elogiosos e merecidos comentários? Apenas que o teu restabelecimento seja rápido e que continues com esse teu espírito criativo. Abraço.

    ResponderEliminar
  10. Não há dúvida que foi um dia bem passado. Primeiro no GACA 3, guiados pelo Sarg Aj Teixeira, com a companhia da "nossa" soldado pronto Mendes, a fotografa de serviço, que nos levaram a recordar sítios de de há quase 50 anos a trás; e depois no Casarão do Emigrante, para comemorar os 8 anos do Bando, aonde fomos bem servidos, quer no serviço, quer na simpatia.
    Tudo isto graças ao Bandalho Ferreira, que anda sempre à espreita de bons poisos para o Bando... poisar. Obrigado e obrigado ao Portojo por mais esta boa reportagem.
    Um abraço a ambos e a todos.
    cumpriment/jteix

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Saudades,saudades imesnas...nao paro de sentir saudades....um abraco a todos os Bandalhos...meu carinho a todos...

      Eliminar