domingo, 29 de outubro de 2017

P.219 - Os Bandalhos foram ao Pote... comer.

OPERAÇÃO POTE VELHO

Na sequência das informações recebidas, pela CHERET, o Bando, no dia 11 de Outubro, reuniu  os seus elementos operacionais, junto à Casa da Música, na tentativa de afinar o armamento necessário à operação POTE VELHO. Todavia e dado o custo elevado, exigido pelo comando da dita Casa da Música, o Presidente do Bando, ouvido o seu Estado-Maior, decidiu levar o armamento sem afinação, contando com a heroicidade dos Bandalhos para a operação mandibular que os esperava.
Ordenada a formatura, hei-la para a posteridade:



Como bons Bandalhos, ainda não aprenderam a formar rápidamente... uns ao telélé, outros a olhar para a esquerda ,outros para a direita mas......


Lá acabaram por atinar e formar, finalmente!...







O Súcio, como sempre, procurava matéria para o passarinho.....



O Tavares gozava o panorama, com um sorriso maroto como sempre.


Chegados ao objectivo, mais uma formatura, para ser relatado o plano de ataque ao inimigo.



Inimigo que se julgava difícil, mas que nos surpreendeu pela negativa, já que não dispunha do armamento de que estávamos avisados.
Muito fraquinho!.... 
Fraquinho, fraquinho?!... ná...



Apesar de tudo, os Bandalhos prepararam-se afincadamente para o combate... e à que atacar!...


O Bandalho Eduardo Campos, pregou-nos uma partida e não é que fez anos em plena Operação! Vai daí e sacando de umas granadas de espumante, fê-las rebentar sobre o terreno inimigo....




Provocando estragos no tubo da tripalhada, que só por sorte saciou alguns dos Bandalhos operacionais, pois o furo foi de tal ordem, que o conteúdo quase não chegava para o grupo!


Apesar de tudo, ainda houve tempo para tagarelar...


O Tavares, sob o olhar atento do Mano Velho Carvalho, aproveitou o cessar fogo,para felicitar o aniversariante, Eduardo Campos...
-Dá-me um beijinho?... já dizia depois de ingerida a pomada.



De repente e quando nada o fazia esperar,
o Bandalho Francisco Baptista, desiludido, com a fraqueza do IN, interveio e propôs um ataque surpresa a um reduto existente no Mogadouro, a que todos os demais Bandalhos se associaram, ficando desde logo marcada a operação para o dia 8 de Novembro de 2017.


O Senhor Presidente, experimentou logo o armamento, destruindo a mina que lhe haviam colocado traiçoeiramente, o que não foi dificil dada a sua experiência nesta área, vejam-se os componemtes "electrólicos" de protecção á sua frente.



A mina ainda armadilhada!... O corpo de litro... ao kilo!...


E foi assim, a devorar o IN, que o Bando terminou a operação Pote Velho, reconhecendo que o reduto, não era tão perigoso quanto esperavam e porque os Bandalhos não conseguem parar, na sua saga combativa, iniciaram já os preparativos para a Operação Mogadouro a ter lugar no próximo dia 8 de Novembro de 2017.

***

quarta-feira, 12 de julho de 2017

P.215 - Penafiel Invadido por um Bando de Bandalhos .........mais uma vez e agora em 12-07-2017

O PROMETIDO É DEVIDO
O cabrito estava prometido e o cabrito foi devido.
Já há muito tempo que os compadres de Penafiel o tinham prometido, mas nem no dia da "Festa do Carneirinho" tal promessa foi cumprida. No entanto um tal Prof penafidelense, de seu nome Carlos Peixoto, com a consciência (a pensar no... diga 33?) pesada de tal festa, meteu mãos à obra e de uma vez por todas resolveu a questão no "33" (já se disse!).



                                      (*) Foto do fim ... no princípio?...


O mesmo se passou com o autor desta acta, o tal Presidente, que na ausência do Bandalho-Escrivão, (se calhar propositadamente para não trabalhar... ficou a ver carneirinhos???), que num rebate de consciência, meteu mãos ao teclado e vai de elaborar a dita em tempo (in)oportuno.
Então é assim... como diria alguém da nossa praça.
Tudo começou no principio.





E o princípio era a Estação de S. Bento, referência maior e mundial, Nacional, do Porto e da Bandalheira... rumo a Penafiel!...








Já dentro da dita Estação de S. Bento, começam a aparecer os primeiros Bandalhos...





E os fotógrafos também... principalmente os mais jeitosos!... alguns até trazem o número de inscrição.





 Bom, mas à que carregar o cartãozinho, se querem viajar!...



O estupor das máquinas é que são do caraças!...
Mas os "belhos" com 50% e mais de 65... safam-se!...





Os Bandalhos prontos para a invasão ao Castelo de Pena... fiel!...






A viagem de quinvóio...












...e a chegada!





Finalmente... nos finalmentes, o que finalmente nos cá trouxe!...



Uns rezam outros tiram as pevides!...












O dito cujo!... no "o antes"...
Que o "o depois"... foi-se!...







No meio do serviço, quem estava de serviço era o Zé Pedro...
E que é o Zé Pedro, perguntam?... - "Quem é o Zé Pedro?"
O Zé Pedro, curiosamente, foi aluno do Setôr Peixoto, que na altura da sua "Festa do Carneirinho" também entrou pela madeira dentro, que é como quem diz, mais um carneirinho para o pecúlio do curral do seu "Mestre Escola".



A prova de que assim foi, ou a prova do "corpo de delito", de litro não... de quilo, que o carneirinho, pesava!...





Aqui estão já no "ósdespois"!...





O bolo sempre presente, como diria o outro: - "Eu... é mais bolos".
Até o carneirinho foi ao bolo!...




 Blá... blá... blá... discursos do Presidente e do Anfitrião...


Quem parte e reparte e não fica com algum... de parte!... Não é burro e percebe da arte!...


Os fotógrafos de serviço...
...e os apanhados!...









Antes que se pirem, à que fazer contas!...


Adeus, até ao meu regresso!...








É preciso ter tomates!...





O Nandinho Xinocas a receber ordens do padrinho!...




Como já vai sendo hábito em Penafiel...
a borga acaba na "Prova da Cerveja"!...
- "Sai um  néguinhos... cheio de cerveja!?!"...


- Ó Guimarães não era para provar!...




Eis se não quando, chega um visitante com Milanos, Pedro de alcunha, Zé Manel Lopes de seu nome, com a Régua como paradeiro e a Sra da Graça, a sua quinta... todas as semanas e não só!...
Nem com esta publicidade toda, ele se digna oferecer a sua bela pomada à gente, a gente que beba cerveja!...




A pôr as últimas em dia antes do... andar violeta!...






O malfadado saco azul.
Até à data existem 96 a€rius, fora os apêndices bem visíveis!...
Prevendo que no futuro, a 13 Set 2017, já sejam 112,80 €.




Florezinhas a finalizar... sem as abelhinhas avoa... avoa!...

Até ao próximo dia do Bando, que será em...
Antevendo o futuro, sei que um dia destes vamos a Melres, à Melindra, a convite dos Carvalho's, mas antes passamos pelo Calhambeque e que um e outro vão correr bem. Até lá...
Um agradecimento muito especial ao Bandalho Joaquim Peixoto. Prometemos voltar!...
Um abraço a todos... e façam por ser bons Bandalhos.
cumprim/jteix

(*) Fotos de:
Teixeira Jteix
António Tavares
Francisco Silva
Fernando Silva o Xina
João Encarnação
Fernando Súcio
E Mais Que Fossem...
jt